Conhecendo e Iniciando com Raspberry Pi

O que é Raspberry Pi?

rpi-tamanhoEste mini ‘super computador’ vem de uma família de computadores de baixo custo e alta performance desenvolvido pela Fundação Raspberry Pi que tem seu trabalho focado em colocar todo o potencial digital que temos atualmente nas mãos de qualquer pessoa em todo mundo, seja para resolver um problema real de nossas vidas, seja para aprendes ou apenas para se divertir.

Pessoalmente me identifico muito com os valores desta fundação e me orgulha muito fazer parte deste time, empoderando as pessoas com conhecimento e tecnologias que possam, de forma rápida e com baixo custo, dar vida a quaisquer idéias mirabolantes que tenhamos.

educationrpi

Atualmente (na data deste post) estamos na versão 3 do Raspberry Pi, sendo que a versão 2 ainda pode ser comprada e alguns revisões da 1 já não são produzidas. Temos também um spin-off chamado de Raspberry Pi Zero, resgatando as potencialidades das versões mais antigas, porém encapsulada num formato mais moderno e custando apenas US$ 1 (nesta data). Veja cada uma das versões mais populares:

Atualmente não há um distribuidor oficial no Brasil, pois a Farnell/Element 14, deixou suas operações no Brasil e para obtermos um Raspberry Pi precisamos importar ou comprar através de anúncios no Mercado Livre… recomendo cautela para buscar um fornecedor bem qualificado e que tenha ‘disponibilidade Brasil’, senão você vai esperar quase 3 meses para colocar a mão em um por aqui.

As especificações animalescas (considerando preço e tamanho) do Raspberry Pi 3 são:

  • 1.2GHz 64-bit quad-core ARMv8 CPU
  • 802.11n Wireless LAN
  • Bluetooth 4.1
  • Bluetooth Low Energy (BLE)
  • 1GB RAM
  • 4 USB ports
  • 40 GPIO pins
  • Full HDMI port
  • Ethernet port
  • Combined 3.5mm audio jack and composite video
  • Camera interface (CSI)
  • Display interface (DSI)
  • Micro SD card slot (now push-pull rather than push-push)
  • VideoCore IV 3D graphics core

 

rpi3-detalhe

O Raspberry Pi 3 tem as dimensões físicas idênticas ao RPi 2 (e vamos começar a tratar Raspberry Pi agora apenas pelo seu apelido RPi pelo bem desse que vos escreve, rs!) e totalmente compatíveis em termos de códigos com P1 e P2 (salvo algumas exceções que já me deparei recentemente).

 

Antes de começar você precisará de…

  1. Raspberry Pi (qualquer um, mas no nosso tutorial vamos utilizar o 3 Model B)
  2. Fonte de alimentação com saída MICRO USB de 5V e (no mínimo) 2A regulada
  3. Monitor com entrada HDMI (pode ser uma televisão)
  4. Cado HDMI
  5. Cartão de Memória (mínimo 8 GB, sugerido 32 GB) MICROSD
  6. Microcomputador com leitor/gravador de MicroSD (pode ser que seja necessário um adaptador para acoplar o MicroSD ao leitor/gravador do seu micro que normalmente é no padrão SD ou MiniSD ao invés de ser MicroSD)
  7. Mouse e Teclado (pode ser sem fio ou com fio, porém não aconselho Bluetooth neste momento)
  8. Acesso a internet
img_1908
Mínimo Necessário para dar vida ao seu Raspberry Pi 3

Passo a Passo: dando vida ao Raspberry Pi 3 

Para iniciarmos vamos fazer a instalação do sistema operacional próprio do Raspberry Pi conhecido como Raspbian, que nada mais é do uma adaptação do Debian Linux para o Rasberry. Nesta data estamos na versão Jessie.

O processo para instalar qualquer outro Sistema Operacional oferecido na página da Raspberry Pi é o mesmo, apenas alterando qual imagem você irá fazer o download. O único processo diferente é o do NOOBS o qual iremos falar mais sobre ao final do post.

E sem mais delongas…

1) Colocar o MicroSD no Computador Pessoal

Primeiramente, precisamos colocar o cartão de MicroSD, que futuramente estará no RPi, em um computador pessoal com acesso a internet. Para conectar o cartão MicroSD temos alguns apetrechos como os abaixo:

Seja por um ou por outro, instalado e reconhecido o MicroSD partiremos para os próximos passos.

1) Baixar a Imagem do Sistema Operacional

Acesse a sessão de DOWNLOADS do site oficial do Raspberry Pi através deste link aqui e baixe a imagem do Raspian Jessie With Pixel em seu computador.

Esta é uma versão completa com interface gráfica, aplicativos, gerenciadores que estamos acostumados a trabalhar no Windows (como gestor de conexão Wifi e Bluetooth), Pyhton 3 e algumas bibliotecas auxiliares que detalharemos mais a frente.

downloads

2) Gravar a Imagem no cartão MicroSD

Para gravarmos a imagem no cartão MicroSD, vamos precisar de 2 softwares gratuitos: 1 para formatar e depois outro para gravar propriamente a imagem do SO (sistema operacional) no cartão MicroSD que já está instalado no computador.

Seguem os links para os sites oficiais de download.

 

Após baixar, abra o SD Card Formatter, escolhendo as seguintes opções:

sdcardformatter

  • Drive: verifique se a letra corresponde ao seu cartão de MicroSD (a não ser que você tenha mais de um cartão de MicroSD conectado ao computador ele irá automaticamente reconhecer o seu cartão)
  • Option: FULL ERASE FORMAT e SIZE ADJUSTMENT ON para que seja formatado todo o espaço disponível em seu MicroSD

Clique em ‘FORMAT’ e aguarde alguns segundos.

Terminada a formatação vamos abrir o Win32 Disk Imager:

writer

Este bem mais trivial, é só clicar no símbolo da ‘pastinha azul’ e navegar até o local onde foi gravado o arquivo da imagem (Image File) salvo no passo anterior. Certifique-se que a letra no ‘Device’ é correspondente ao seu MicroSD (aqui também, a menos que você tenha 2 MicroSDs conectados o reconhecimento é automático).

Clique em ‘WRITE’ e aguarde alguns minutos (dependendo do tamanho do seu SD) para que a imagem seja gravada no MicroSD. Terminada a gravação, retire com segurança o cartão MicroSD e vamos partir para o Raspberry Pi!!

3) Conectar o MicroSD e Periféricos ao RPi

Livre-se do seu computador e dê espaço a estrela do momento – o Raspberry Pi!

Conecte ao RPi os periféricos nesta ordem:

  1. Teclado e Mouse nas portas USB (com ou sem fio)
  2. Conector HDMI ligado ao Monitor na saída HDMI
  3. Cartão MicroSD na parte inferior
  4. Plug da fonte de alimentação (microUSB) SEM ESTAR LIGADA na tomada
img_1910
Tudo conectado no Raspberry Pi 3

4) Ligar e Verificar se tudo está OK

Certifique-se que o monitor esteja LIGADO e só então conecte a fonte na tomada, desta forma dando vida a criatura (o Raspberry Pi 3)!!!

Os LEDs no canto da placa indicam VERMELHO – energização e VERDE – processamento, nas seguintes situações:

  • VERMELHO | Energia
    • Acesso: Placa está alimentada corretamente
    • Apagado: Não há alimentação presente ou suficiente
    • Piscante: Risco iminente de queima do RPi
  • VERDE | Processamento da CPU
    • Acesso Fixo ou Piscante em um Padrão qualquer: sistema operacional não funcional, sem risco de queima da placa
    • Piscante aleatório: comunicações sendo realizadas pela CPU e seus barramentos
    • Apagado: não há nenhum processamento ocorrendo
img_1913
Leds de Status do Raspberry Pi 3

Observe a sequência de telas que também poderá ser muito útil para entender em que ponto do BOOT (inicialização do sistema operacional) está seu computador.

1. Tela do Arco-Íris
(muito rapidamente… muitas vezes no RPi 3 eu nem consigo vê-la)

O firmware (residente) está iniciando o hardware mínimo (MicroSD e outros) para carregar o que você tenha gravado no MicroSD Card.

 

rainbow_screen_of_death
Tela Arco-Íris da Morte no Raspberry Pi

 

Caso esta tela não desapareça do seu monitor, isto significa que ela se transformou na ‘Tela Arco-Íris da Morte’ (ou ‘Rainbom Screen of Death) e indica que seu MicroSD não foi lido corretamente, pode o MicroSD estar com problemas de incompatibilidade ou corrompido e até mesmo a imagem que foi salva não conseguiu ser interpretada corretamente.

Como solucionar: Refaça os passos gravando novamente o MicroSD e em último caso baixe novamente a imagem do sistema operacional que pode ter sido corrompida no download. Se nada der certo entre em contato conosco no formulário de ajuda.

2. Letrinhas e Frutinhas Vermelhas

Se tudo correu bem, você deverá se deparar (também rapidamente no RPi 3) com uma séria de linhas de códigos com cobertura de Raspberry. Neste momento o Sistema Operacional já foi interpretado do MicroSD Card e as configurações estão sendo realizadas para o carregamento das bibliotecas, aplicativos, drivers, gerenciadores e da interface gráfica.

raspi2boot
Letras e Frutas no carregamento do SO no Raspberry Pi 3

Qualquer travamento aqui vai depender da leitura das linhas (logs) para sabermos onde está o problema. Por vezes, mais simples de resolver do que se recebermos apenas a tela do arco-íris.

3. Inicialização da Interface Gráfica PIXEL

Falta pouco agora! A tela do PIXEL está carregando e deverá configurar inicialmente alguns aplicativos e liberar a interface gráfica na sequência.

Neste momento poderá ser informado a você que o sistema operacional irá configurar todo seu MicroSD para ser utilizado pelo mesmo. Se precisar confirme com OK.

img_1912
Tela de boas vindas do Raspbian com PIXEL

 

Finalmente chegaremos ao desktop da interface gráfica, coroando esta jornada incial.

img_1914
PIXEL carregado e operacional no Raspberry Pi 3

4) Últimas Configurações…

Com tudo instalado e verificado, vamos colocar as últimas framboesas no bolo!

Habilitar o WiFi

O RPi 3 já possui WIFI integrado e com a interface do PIXEL, configurá-lo é simples, assim como fazemos com qualquer outro aparelho que temos. Verifique no canto superior direito onde clicar, selecionar sua rede e após seleção é só digitar a senha da sua rede interna.

img_1915
Configurando o WiFi via PIXEL para o Raspberry 3

 

Configurações Adicionais

Existem mais 4 configurações, não imprescindíveis mas de extrema utilidade no seu futuro próximo como usuário de Raspberry Pi que são dignas de serem realizadas já neste início.

Para estas configuração acesse o MENU INICIAL (círcula com a framboesa dentro) situado no canto superior esquerdo e escolha o item PREFERENCES e depois Raspberry Pi Configuration, conforme imagem abaixo:

img_1917
Configurações do Raspberry Pi 3

System

Na aba System você deverá clicar no botão ‘Expand Filesystem’ o qual irá garantir que todo o espaço do seu disco possa ser utilizado pelo sistema operacional. Para quem está iniciando é uma ótima opção para não ser pego de surpresa por falta de espaço em disco mesmo utilizando um MicroSD card de 128 Gb.

Nesta aba você também pode mudar o nome do seu RPi, a senha e o modo como é feito o logon do sistema. A opção de BOOT ‘CLI’ faz com que a interface inicie na linha de comando (tela preta), sendo necessário para iniciar o PIXEL digitar o comando ‘startx’ e teclar enter.

Interfaces

Nesta aba sugiro habilitar (colocar em ENABLED) a CAMERA, para que quando plugada na placa a mesma possa ser reconhecida. Veja que para câmeras conectadas via USB esta ativação não é necessária.

Também importante habilitar o SSH, que é a conexão ao seu RPi através de outro computador. Segue o link para ver como configurar este tipo de conexão:____

img_1918
Configuração de Interfaces no Raspberry Pi 3

Performance

Como constumo utilizar a câmera em meus projetos, já deixo habilitado 128Mb de memória para a interface gráfica do Raspberry Pi conhecida como GPU (Graphical Processing Unit). Este item é completamente opcional.

img_1919
Configuração de Performance no Raspberry Pi 3

Localisation

As configurações de unidades de medida, calendários, formatos de horas, idiomas, padrões de teclado normalmente relacionadas a algum país e região, em programação são referidas com o termo ‘localizações’. Apesar de guardar alguma relação, não confuda com puramente a sua ‘localização geográfica’. Vamos a elas:

 

img_1920
Configuração de Idioma e Teclado – Localizações
  • Locale: Idioma – busque por PORTUGUESE e depois será necessário escolher BRAZIL
  • Timezone: fuso horário – procure por Brazil e depois selecione qual região (West: Oeste ou East: leste)
  • Keyboard: idioma do teclado – procure por Brazil e Portuguese
  • Wi-Fi Country: região do WiFi – busque por Brazil

 

E partir de agora seja bem vindo a explorar os experimentos contidos ao longo de todo blog.

DC

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s